LAEPCI

Local de reunião, estudos e planejamento

Considerada a segunda cidade maior do Estado do Maranhão,  Imperatriz é marcada por uma série de dinâmicas sociais como: migrações, movimentos pendulares, violência urbana e estigmatização de bairros periféricos, formação de grupos de jovens e comunidades voltadas para determinados conjuntos de práticas e saberes como: esportes, formação de feiras, consumo de drogas, concentrações religiosas, protestos, arte de rua e outras. É caracterizada também por um cenário que mescla antigas estruturas históricas, como as características da Rua Quinze de Novembro no bairro Beira Rio, a cidade traz também um intenso processo de verticalização, trafego de veículos terrestres e aéreos que também evidenciam um denso fluxo de pessoas e informações.

Diante desse contexto, O Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre cidades e imagens (LAEPCI) surge como espaço de estimulo e promoção de pesquisas e interpretações cientificas sobre a temática urbana, a partir das concepções teórico metodológicas pautadas nas áreas da História, Sociologia e Antropologias urbanas, visuais e da imagem. Trata-se de um lugar: voltado para a problematização do significado de urbano, experimentação e desenvolvimento de métodos visuais que colaborem com esse processo, e de promoção de oficinas e projetos de pesquisa, cujo sentido é: o aperfeiçoamento discente, produção e fornecimento de interpretações científicas sobre a realidade local.

Apresentação de Pesquisa

Para o LAEPCI, as Praças, ruas e demais âmbitos urbanos são antes de tudo, produtos socialmente construído que carregam signos da história e da cultura. Nesse sentido, os integrantes do laboratório de estudo e pesquisa, serão instigados, teórica e metodologicamente, para a observação e produção de registros escritos, orais e visuais que evidenciem marcas dessas complexas relações existentes entre experiências e percepções individuais e aspectos da cultura urbana e História local.

No tocante ao conjunto de esforços relacionados ao projeto de extensão Praças do tempo: cotidiano,imagens e memórias do centro urbano de Imperatriz (existente desde 2014) o LAEPCI foi cadastrado no Cadastrado no Conselho Nacional de Desenvolvimento Tecnológico e Científico (CNPQ) em janeiro de 2016.  O grupo também integra a rede de pesquisa em Antropologia Visual, vinculada a Associação Brasileira de Antropologia

Primeiras reuniões

Para acessar os cadastros, basta clicar no link abaixo:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Tecnológico e Científico (LAEPCI)

Rede de Pesquisa em Antropologia Visual (LAEPCI)

Apresentação de Pesquisa

Laboratório de Estudos e Pesquisa sobre Cidades e Imagens