Grupo de Trabalho – Cidades vividas e suas representações imagéticas (IIIEAVAAM)

GT – Cidades vividas e suas representações imagéticashttp://www.eavaam.com.br/

http://www.eavaam.com.br/

A cidade pode ser vista, captada, vivida e entendida, certamente, por perspectivas diversas. Partindo dessa afirmativa, o presente GT tem como objetivo problematizar as várias maneiras de ver-registrar e ter a experiência urbana no âmbito da pesquisa. Nesse sentido, a relação cidade- imagem é um ponto de partida para explorarmos as mais diversas formas de observar, representar e se autoreconhecer nas ruas, praças, bairros, manifestações políticas, culturais e na diversidade dos dramas e itinerários cotidianos. Assim, serão bem vindos trabalhos concluídos, e pesquisas em andamento, nas áreas da antropologia, sociologia, história, literatura, geografia e comunicação cujos aspectos teórico-metodológicos tomem as imagens urbanas nos mais diversos sentidos e suportes (fotográfico multimídia e vídeo). Enfim, mais do que registros ilustrativos, elas são consideradas aqui como possibilidade de reexão sobre questões como: o acesso a cidade, as (auto) representações de determinados grupos, relação individuo-sociedade, visibilização, invisibilização social, tecnologias de mediação da experiência urbana e relações de poder.

Jesus Marmanillo Pereira –  UFMA (jesusmarmanillo@hotmail.com)

Luciano Magnus de Araujo – UNIFAP (lucaraujo3@gmail.com)

2-sessao5

http://www.eavaam.com.br/#gt